Coming Up Wed 12:00 PM  AEST
Coming Up Live in 
Live
Portuguese radio

Ano Novo Chinês: o que esperar deste ano do Tigre?

Source: City of Sydney Source: City of Sydney

O Ano Novo Lunar, também chamado Festival da Primavera, é um evento completamente enraizado na cultura australiana. Tanto é que a versão de Sydney, por exemplo, é considerada a maior celebração do evento fora da Ásia. Mas qual é, afinal, a origem da grande festa do Ano Novo Lunar e como é celebrada na Austrália?

Este ano, o Dia do Ano Novo Lunar será celebrado a 1 de fevereiro, e 2022 é o Ano do Tigre.

Dr Pan Wang, que é docente em Estudos Chineses e Asiáticos na University of New South Wales, explica que o Festival da Primavera dura quinze dias, exatamente até começar o Festival das Lanternas, seguindo assim o calendário lunar.

O Ano Novo Lunar é o início do ano do calendário lunar. Baseado nos ciclos da lua, também pode ser chamado de Ano Novo Chinês ou Festival da Primavera. É comemorado na China e em outros países do leste asiático tais como a Coreia, Vietname, Japão, diásporas chinesas e muitos outros países como a Austrália. E tem uma história longa de pelo menos 4.000 anos, desde a dinastia Xia ou Shang.

Também Drª. Kai Zhang, que trabalha para o Programa de Língua Chinesa Moderna da School of Culture, History and Language da Australian National University, diz que as celebrações do Ano Novo Lunar na Austrália são uma excelente oportunidade para pessoas de todo o mundo aprenderem sobre a cultura chinesa bem como das culturas do Sudeste e do Leste asiático em geral.

"É um evento cultural de história milenar cujo significado é muito rico e simbólico. E é muito importante não só para os australianos chineses, mas também para os australianos originários da Coreia, do Vietname ou de outros países do sudeste e leste da Ásia".

Pessoas fora da cultura chinesa ou da cultura do Leste Asiático, que celebrem o Ano Novo Chinês ou o Ano Novo Lunar terão assim a oportunidade de aprender mais sobre a cultura chinesa, a cultura coreana, mas também sobre todos os diferentes povos originários da Ásia Oriental e Sudeste.

 Leão Vermelho no Ano Novo Lunar
Leão Vermelho no Ano Novo Lunar
AAP Image/Jeremy Ng

Já o Festival das Lanternas é realizado no 15º dia do ano lunar, tal como explica a Drª. Kai Zhang:

Este é chamado de Festival das Lanternas porque, segundo a tradição, todas as famílias fariam uma pequena lanterna para os seus filhos, os quais acenderiam literalmente todas as lanternas do lado de fora da porta de suas casas.

"E até onde podemos recuar na história, já na dinastia Thang se comemorava este que seria já época um evento em grande escala, em que as crianças levariam as suas lanternas até ao mercado juntamente com as suas famílias".

Regressando ao Ano Novo Lunar na Austrália este é comemorado de várias maneiras, diz Drª. Wang:

"É comemorado através da comida, nomeadamente comendo os bolinhos de peixe (os chamados fish dumplings) com a família e os amigos. As comunidades chinesas também costumam realizar atividades e workshops vários, como forma de dar a conhecer e cultivar a cultura chinesa: a dança do leão, a dança do dragão, o uso da cor vermelha que é considerada a cor que traz boa sorte." 

Também faz parte da tradição que os chineses deem um envelope vermelho às crianças neste período.

Iris Tang, que cresceu na China continental mas já vive na Austrália há 20 anos, diz que a principal diferença entre as celebrações na Austrália e na China continental é que na sua terra natal há um feriado prolongado em que todos celebram o Ano Novo Lunar – já que é uma época em que centenas de milhões de pessoas viajam para suas cidades na China para se reunirem com as suas famílias e amigos de infância (exceção feita durante a pandemia Covid-19, é claro). 

Contudo, segundo Tang, a comida é uma parte importante das comemorações do Ano Novo Lunar tanto na Austrália como na China.

"Pessoalmente, eu celebro com minha família e amigos aqui em Canberra preparando montes e montes de comidas. E tudo é feito em família, todos sentados ao redor da mesa a fazer centenas de bolinhos (dumplings) na véspera do Ano Novo. Sempre que consigo ter tempo, também faço mais do que uma refeição para congelar, de forma a que possa comer mais tarde, quando calhar — durante toda a festa de Ano Novo, que muitas vezes dura cerca de 15 dias, e no Festival das Lanternas, que arranca no 15º dia do Ano Novo Lunar."

Sydney fica ao rubro nesta altura do ano
Sydney fica ao rubro nesta altura do ano
AAP Image/Jeremy Ng

Embora a China moderna use o calendário gregoriano, o calendário tradicional chinês é que dita os feriados do Ano Novo Chinês e o Festival das Lanternas, tanto na China como fora do país, onde as comunidades chinesas espalhadas pelo mundo usam o calendário tradicional chinês ampla e consistentemente. O calendário tradicional chinês também indica, entre outros, o feriado do Festival Qingming, também conhecido como dia de varrer os túmulos.

Este calendário oferece ainda a nomenclatura tradicional chinesa referente às datas que as pessoas devem escolher para casamentos, funerais, início ou mudanças de negócio, já que são os dias considerados mais favoráveis e que trazem boa sorte ao longo do ano, explica Dr. Pan Wang.

O calendário tradicional chinês é lunar-solar. É baseado no movimento da lua e do sol, levando assim em conta a órbita da Lua ao redor da Terra e a órbita da Terra ao redor do Sol. Neste calendário, o início de um novo mês é determinado pela nova fase da lua. Assim sendo, tal como na maioria dos calendários lunares, os meses têm 29 ou 30 dias. E o início do ano é determinado pelo ano solar.

Variações do calendário tradicional chinês podem ser encontradas em todo o leste da Ásia.

Isso faz com que todos os anos, o Dia do Ano Novo Lunar possa cair ora em janeiro ora em fevereiro, continua Dr. Pan Wang.

"Calha entre o final de janeiro e meados de fevereiro – algures neste intervalo de tempo. Este ano acontece em fevereiro. Então, qualquer que seja o mês, o primeiro mês lunar é o início da primavera e o Festival da Primavera é realizado nesse dia específico. Se você observar a diferença entre o calendário lunar e o calendário gregoriano, o calendário gregoriano é um calendário solar, cristão, baseado na posição do sol, basicamente construído em relação às estrelas."

As crianças vestem-se a rigor e recebem envelopes vermelhos dos seus pais
As crianças vestem-se a rigor e recebem envelopes vermelhos dos seus pais
City of Sydney

Embora a China moderna use o calendário gregoriano, o calendário tradicional chinês é que dita os feriados do Ano Novo Chinês e o Festival das Lanternas, tanto na China como fora do país, onde as comunidades chinesas espalhadas pelo mundo usam o calendário tradicional chinês ampla e consistentemente. O calendário tradicional chinês também indica, entre outros, o feriado do Festival Qingming, também conhecido como dia de varrer os túmulos.

Este calendário oferece ainda a nomenclatura tradicional chinesa referente às datas que as pessoas devem escolher para casamentos, funerais, início ou mudanças de negócio, já que são os dias considerados mais favoráveis e que trazem boa sorte ao longo do ano, explica Dr. Pan Wang.

"O calendário tradicional chinês é lunar-solar. É baseado no movimento da lua e do sol, levando assim em conta a órbita da Lua ao redor da Terra e a órbita da Terra ao redor do Sol. Neste calendário, o início de um novo mês é determinado pela nova fase da lua. Assim sendo, tal como na maioria dos calendários lunares, os meses têm 29 ou 30 dias. E o início do ano é determinado pelo ano solar."

Variações do calendário tradicional chinês podem ser encontradas em todo o leste da Ásia.

Isso faz com que todos os anos, o Dia do Ano Novo Lunar possa cair ora em janeiro ora em fevereiro, continua Dr. Pan Wang.

"Calha entre o final de janeiro e meados de fevereiro – algures neste intervalo de tempo. Este ano acontece em fevereiro. Então, qualquer que seja o mês, o primeiro mês lunar é o início da primavera e o Festival da Primavera é realizado nesse dia específico. Se você observar a diferença entre o calendário lunar e o calendário gregoriano, o calendário gregoriano é um calendário solar, cristão, baseado na posição do sol, basicamente construído em relação às estrelas."

Dr. Craig Smith é um docente do Asia Institute da University of Melbourne, na disciplina de Estudos de Tradução (variante Chinês). Morou em Taiwan e na Coreia do Sul por alguns anos e tem ótimas recordações das celebrações do Ano Novo Lunar em ambos os lugares.

Diz o Dr. Smith que, na Coreia do Sul, o Ano Novo Lunar é a altura do ano em que se relembram e homenageiam os antepassados, os entes queridos que já morreram.

No dia de Ano Novo, todos acordam e preparam uma refeição para os antepassados ​​falecidos, recordando-os e oferecendo-lhes bebidas.

"E, claro, hoje em dia, novas e antigas religiões estão misturadas e, portanto, as famílias budistas recitam os sutras no Ano Novo lunar também".

Dr. Smith diz ainda que há muitos elementos das celebrações do Ano Novo Lunar que vêm de outros países além da China.

É o caso, por exemplo, da dança do leão, que é tradicionalmente exibida durante os desfiles do Ano Novo Lunar.

"Quando os académicos olham para esta tradição da dança do leão, eles realmente olham para milhares de anos atrás. Sabemos há muito tempo que muitas tradições, religiões, música, artes... chegaram à China vindos daquilo a que hoje chamamos de oriente ou países da Ásia central, especialmente ao longo da famosa rota da seda. E é muito provável que essa tradição tenha algumas das suas raízes fora da China. Muitos ligam a dança do dragão às tradições persas, com base em análises de investigação linguísticas e históricas."

Um ano do zodíaco chinês começa e termina no Ano Novo Lunar. Cada ano no ciclo do zodíaco, que se repete a cada 12 anos, é representado por um animal do zodíaco, cada um com seus próprios atributos.

Por ordem de entrada, são eles o Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Cabra, Macaco, Galo, Cão e Porco.

Dr. Wang diz ainda que há uma lenda sobre estes 12 signos do Zodíaco Chinês.

Tudo começou com o Imperador de Jade a convocar uma reunião na qual 12 animais competiam para chegar primeiro e participar. Quem acabou por chegar primeiro foi o Rato, o segundo foi o Boi…

"A sequência dos restantes animais da lista está de acordo com quem realmente chegou à dita reunião. Então, tem tudo a ver com a lenda".

Dr. Wang termina dizendo que o Tigre simboliza a força e o controle das coisas – uma mudança fundamental para o mundo em que hoje vivemos, no qual a humanidade lida com a pandemia da COVID-19.

O tigre representa liderança, autoridade, poder e força. Precisamos adquirir o poder e a força do tigre, especialmente após a pandemia.

"As coisas ainda são imprevisíveis. Estamos a viver tantas ondas da pandemia em diferentes países. Se conseguirmos controlar as coisas e sermos corajosos como o tigre, conseguiremos enfrentar a Covid-19, ganhar poder sobre o vírus para que possamos lidar com ele, fortalecer nossa imunidade, fortalecer a nós mesmos."

Esta foi uma história de Chiara Pazzano para a SBS Settlement Guide, apresentada por Carla Guedes para SBS em português.

Siga a SBS Portuguese no FacebookTwitter e Instagram e ouça os nossos podcasts

 

Coming up next

# TITLE RELEASED TIME MORE
Ano Novo Chinês: o que esperar deste ano do Tigre? 26/01/2022 10:05 ...
Futebol, soccer ou footy? Conheça os diferentes 'futebóis' jogados na Austrália 17/05/2022 22:11 ...
Carlos Ribeiro, dos Excesso: “Vivi o sonho da música, mas sou mais feliz no anonimato, na Austrália ” 17/05/2022 21:16 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | 17 de maio de 2022 | SBS Portuguese 17/05/2022 11:09 ...
Mergulhador brasileiro morto na Austrália tentava retirar cocaína de casco de navio 17/05/2022 05:10 ...
Danilo é a novidade da lista de jogadores do técnico Tite para amistosos 16/05/2022 07:53 ...
'Piu' vence etapa da Diamond League e lidera ranking mundial dos 400 com barreiras 16/05/2022 04:48 ...
Sérgio Conceição com futuro indefinido no FC Porto 16/05/2022 07:00 ...
O ex-banqueiro português João Rendeiro suicida-se na prisão 16/05/2022 02:19 ...
Eurovision: ‘O voto emocional, político, deu triunfo à Ucrânia’ 16/05/2022 02:45 ...
View More