Coming Up Sun 12:00 PM  AEST
Coming Up Live in 
Live
Portuguese radio

Funeral de Les Murray acabou em mini-carnaval num pub de Sydney - tudo que ele adorava

Bandeira brasileira junto ao carro funerário Source: Celio Agostinho

O último adeus a Les Murray, com honras de estado na Catedral de Santa Maria, na manhã de segunda-feira, 14 de agosto, foi solene, sóbrio e com muita pompa, mas à tarde, na despedida dos amigos e familiares no pub Royal Oak, em Double Bay, teve batucada, cantoria e muitos brindes em memória do amado e inesquecível "Mister Football".

Familiares, amigos, colegas e fãs de Les Murray foram à Catedral de Santa Maria para um último adeus ao muito amado Les, a voz do futebol na Austrália, através da SBS.

Les Murray morreu no dia 31 de julho, aos 71 anos, após uma batalha contra a doença.

A catedral estava lotada, mostrando o carinho de todos que o acompanharam na sua vida e na sua carreira.

As bandeiras da Austrália e do estado de Nova Gales do Sul foram içadas a meio mastro em todo o estado, em tributo a Les.

Entre os presentes ao funeral estavam a premiê do estado, Gladys Berejiklian, colegas da SBS e jogadores atuais e antigos dos Socceroos, a seleção australiana de futebol.

Entre as pessoas que carregaram o caixão, estavam as estrelas dos Socceroos John Aloisi, Tim Cahill e a jogadora das Matildas, a seleção feminina de futebol, Julie Murray, junto a familiares.

A filha de Les, Natalie Murray, disse que o conselho do seu pai a ela foi de aproveitar a vida e aceitar tudo o que viesse pela frente:

"He believed in refuge and compassion. Dad taught me that football is always played with the feet and the ball is always round, those were non-negotiable facts. One of his lessons that's never been more important than right now is to accept the things we cannot change. In his own words, he was a fighter, but he was also a great accepter. And the lesson that was obvious to everyone who knew him was to enjoy life. For him, that was getting out into the sunshine, having a long lunch on a beautiful piazza, watching the magnificent multicultural world go by."

Nascido na Hungria como Laszlo Urge, Les Murray era refugiado, tendo escapado do comunismo e vindo para a Austrália com a família, ainda criança.

O diretor de esportes da SBS, Ken Shipp, disse que Les Murray era, além de colega, um mentor para muitos na emissora, aonde acabou passando a maior parte da sua carreira:

"As a refugee himself, he genuinely embodied and respected what SBS represents. He was passionate about our mission and our role in helping people understand each other better. And he saw the huge value that sport, particularly football, could be as a vehicle for breaking down barriers and uniting people. His colleagues at SBS were like his extended family. He mentored so many throughout his career, including myself."

Craig Foster, comentarista de futebol da SBS e ex-jogador de futebol, disse que Les Murray fez muito para que o futebol se tornasse um esporte importante também na Austrália.

"Speaking with his famously perfect pronunciations and dressed impeccably, his pride in the game and its community, in you, in us, was palpable. I can still hear him so clearly now. 'This is not a job, it's a mission,' he would say, 'to make Australia see.'"

O Primeiro Ministro Malcolm Turnbull, na semana passada, deu a Les Murray o crédito de ter colocado o futebol no coração dos australianos.

O irmão de Les, Andrew Urge, falou de uma ligação fraterna fortíssima - com os irmãos jantando juntos às quartas-feiras - que permaneceu igual até os últimos momentos de Les:

"My fondest memories of Les -- Laci, as we've known him -- was his absolute loyalty and love for his family. He has shown that vividly when he comes to our regular brothers dinner every Wednesday at my home. He loved it when I cooked chicken paprikash for him, because it was his favourite dish."

Muitas pessoas estavam vestidas de branco no funeral, como havia sido pedido pela família de Les.

Ele deixa a sua companheira, a brasileira Cida, e duas filhas, Tania and Natalie.

Os brasileiros fizeram um tributo a Les na frente da catedral, com uma batucada sentida, como Les tanto gostava.

Les Murray
Brazilians at the Funeral of Les Murray
Celio Agostinho

Os Canarinhos de Sydney, do Sydney Brazilian Social Club, do Centennial Park, criadores da Copa Les Murray de futebol, que terá a sua oitava edição em janeiro de 2018, vestiam camisetas onde se lia "Les Canarinhos Murray", com a foto do seu grande amigo.

Da catedral, amigos e familiares seguiram a um pub em Double Bay, aonde Les era cliente assíduo, muitas vezes na companhia dos seus amigos brasileiros.

O clima tenso e triste das últimas semanas acabou dando lugar a uma grande festa, com brindes festivos à memória de Les e com o pessoal fazendo um mini-carnaval, ao ritmo da percussão brasileira.

Funeral Les Murray
A celebração da vida de Les contagiou os familiares
Celio Agostinho

Les Murray Funeral
Amigos brasileiros de Les Murray

Em entrevista a Betriz Wagner, do Programa Português da SBS, em 2013, Les falou da alegria de ter vivido o suficiente para poder ver uma Copa do Mundo no Brasil:

"I'm glad I lived long enough to see a World Cup in Brazil and nothing will please me more  - and I say it quite sincerely - if Brazil won that World Cup."

Nós todos também, Les. Ficam as boas memórias.

Siga-nos no Facebook e Twitter

Coming up next

# TITLE RELEASED TIME MORE
Funeral de Les Murray acabou em mini-carnaval num pub de Sydney - tudo que ele adorava 06:09 ...
Conheça 'Lulu', a brasileira que emocionou o Big Brother Austrália 26/05/2022 16:11 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | 25 de maio de 2022 | SBS Portuguese 25/05/2022 12:04 ...
Portugal identifica 39 contágios pela ‘varíola dos macacos’; variante não é agressiva, segundo epidemiologistas 25/05/2022 05:14 ...
Do vegemite a carne de canguru: conheça a história por trás das comidas típicas australianas 24/05/2022 23:47 ...
Por que razão são os protocolos Indígenas australianos tão importantes para todos nós? 24/05/2022 09:04 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | 24 de maio de 2022 | SBS Portuguese 24/05/2022 11:20 ...
Cidália Rendeiro: "50 anos foram um minuto, com os meus meninos da escola portuguesa" 23/05/2022 22:41 ...
Desafios para o novo poder em Timor 23/05/2022 07:36 ...
20 de maio: A memória do dia da independência de Timor 23/05/2022 05:56 ...
View More