Coming Up Wed 12:00 PM  AEST
Coming Up Live in 
Live
Portuguese radio

Notícias da Austrália e do Mundo | 5 de janeiro de 2022 | SBS Portuguese

NSW prepares for nurses strike Source: AAP Image/Bianca De Marchi

NSW tem hospitais cheios com funcionários sobrecarregados. Alta demanda por ambulâncias gera atrasos no serviço em Melbourne. Expectativa pelo anúncio de testes rápidos gratuitos para população de baixa renda após reunião do Gabinete Nacional hoje. Novak Djokovic recebe isenção médica da vacina e vai participar do Australian Open. No Brasil são detectados casos de Flurona, pessoas com gripe e COVID ao mesmo tempo. As notícias da Rádio SBS, da Austrália e do mundo, para esta quarta-feira.

Nova Gales do Sul, NSW, registrou 35.054 novos casos de transmissão local de COVID-19 e oito mortes em 24 horas. Um aumento de 11.923 casos comparado com o dia anterior e um novo recorde de casos diários na Austrália. Há neste momento 1.491 pessoas hospitalizadas com COVID em NSW, 119 delas na UTI.
 
                                                      
95% dos moradores de Nova Gales do Sul com 16 anos ou mais já receberam a primeira dose da vacina contra a COVID e 93.6% estão completamente vacinados, com as duas doses. No grupo de crianças e adolescentes de 12 a 15 anos de idade, 81.4% receberam a primeira dose e 78% receberam as duas doses da vacina.
 

 
Profissionais de saúde da linha de frente de NSW estão trabalhando até 18 horas por dia para conseguir atender a demanda crescente de pessoas hospitalizadas por COVID-19 no estado, e alguns dizem que o sistema de saúde não está conseguindo lidar com essa alta demanda.
 
O governador de Nova Gales do Sul, Dominic Perrottet, falou para esses profissionais e reconheceu os esforços deles diante de mais de 35 mil novos casos no estado em um único dia.
 
Além da falta de profissionais de saúde para atuar nos hospitais, há relatos de que funcionários como enfermeiras obstétricas estão sendo forçadas a exercer funções que não estão acostumadas a fazer, como administrar medicamentos que geralmente são administrados por profissionais com mais tempo de trabalho.
 
Uma médica que preferiu não se identificar dise que os executivos do hospital onde ela trabalha em Sydney estão considerando permitir que funcionários que testaram positive para  COVID mas estejam assintomáticos, continuem trabalhando.
 

 
Victoria registrou 17.636 novos casos de transmissão local de COVID-19 e onze mortes de ontem para hoje. Um aumento de 3.616 casos em comparação com o dia anterior. O número de pessoas hospitalizadas no estado em decorrência da COVID chega agora a 591, com 53 delas na UTI.
 
 
Cerca de um a cada três testes feitos ontem no estado foram positivos. Os locais de teste em Victoria estão com dificuldade de atender a alta demanda.
 
Mais de 40 locais de teste administrados pelo governo do estado já estavam no limite de capacidade antes das 9h da manhã e tiveram que suspender os testes temporariamente. Além disso, 54 laboratótios privados, que cobrem um terço dos testes processados em Victoria, pararam de aceitar novos testes até 9 de janeiro, numa tentativa de recuperar o atraso.
 

 
O responsável pela gestão da COVID-19 em Victoria, Jeroen Weimar, disse que os moradores do estado podem contar com um suprimenro de 34 milhões de testes rápidos de antígeno que vai chegar no estado até o final desta semana.
 
Segundo Weimar, quando os testes chegarem deve ser lançada uma página na internet para as pessoas registrarem os resultado para que sejam contabilizados oficialmente.
 
Ele encorajou os moradores de Victoria que não tenham sintomas a fazer o teste rápido de antígeno em vez do PCR para que o sistema de testes não fique sobrecarregado.
 
 

 
Uma demanda extrema por ambulâncias em Melbourne fez com que o serviço emitisse um 'código vermelho'. Durante três horas, entre a meia-noite e as 3h da manhã desta quarta-feira, o serviço alertou que haveria atraso na chegada das ambulâncias aos locais de atendimento por causa da alta demanda na região metropolitana.
 
 
O departamento de ambulâncias de Victoria fez uma declaração em que diz: "nossa prioridade é oferecer atendimento aos moradores de Victoria que precisam de assistência para que suas vidas sejam salvas".
  
O departamento lembrou que também é possível recorrer ao serviço 'Nurse on Call', de enfermeiros de plantão, no número 1300 60 60 24, ou visitar o GP local, médico da família, caso não seja uma situação de emergência.
 

 
Queensland registrou 6.781 novos casos de transmissão local de COVID-19 nas últimas 24 horas, com 265 pessoas hospitalizadas no estado. A Austrália do Sul, SA, registrou 3.493 novos casos. 125 pessoas nos hospitais.
 
A Tasmânia registrou 867 novos casos de transmissão local de COVID-19 de ontem para hoje. O Território da Capital Australiana, ACT, 810 e o Território do Norte, 117.
 

 
O primeiro-ministro Scott Morrison conduz hoje uma reunião do Gabinete Nacional para discutir a capacidade dos sistemas de saúde, testes de COVID e o programa de vacinação.
 
O acesso aos testes rápidos de antígeno, que tem sido muito falado nos últimos dias, deve estar no centro das discussões. É possível que eles sejam oferecidos gratuitamente pelo governo a pessoas de baixa renda, que estejam vivendo dos auxílios financeiros governamentais e pensionistas.
 
Essas pessoas podem chegar a receber pagamentos para a compra de até cinco testes rápidos de antígeno ou mais, dependendo do investimento que o governo estará disposto a fazer.
 
A Austrália atingiu ontem, terça-feira, a marca de 500 mil casos de COVID no país desde o início da pandemia.
 

 
Novak Djokovic recebeu uma isenção médica da vacina contra a COVID-19 para vir jogar no Australian Open. A decisão dividiu opiniões.
 
Muitas pessoas se manifestaram no Twitter questionando sobre quais condições médicas do atleta o possibilitaram receber a isenção.
 
Na terça-feira à noite, o tenista número um do mundo tuitou: "Eu estou indo down under (para a Austrália) com uma isenção médica. Vamos 2022!"
 
 
Ao falar ao programa Sunrise do Canal Sete de Televisão, a Executiva de Mídia Kathy Lipari, disse que a Austrália merece saber a razão disso.
 
O senador por Queensland, Matt Canavan, deu as boas-vindas à decisão e disse ao canal Nove de Televisão que esse é um passo atrás para o senso comum.
 
Outras notícias desta quarta-feira: 
 
  • Brasil registra casos crescentes de 'Flurona', pessoas que testam positivo para gripe (Influenza) e COVID-19 ao mesmo tempo.
  • Testes rápidos de antígeno estão em falta nas farmácias do Brasil pela grande procura.
  • Presidente Jair Bolsonaro não vai precisar de cirurgia. Boletim médico diz que obstrução no intestino se desfez, que sonda nasogástrica foi retirada e que presidente reagiu bem à dieta líquida. Ainda não há previsão de alta.
  • Governo do Canadá vai pagar 20 milhões de dólares canadenses a crianças indígenas que foram retiradas de suas famílias e não receberam auxílios e serviços estatais. Outros 20 milhões vão para reformas no sistema.
 
 

Coming up next

# TITLE RELEASED TIME MORE
Notícias da Austrália e do Mundo | 5 de janeiro de 2022 | SBS Portuguese 05/01/2022 15:01 ...
Desafios para o novo poder em Timor 23/05/2022 07:36 ...
20 de maio: A memória do dia da independência de Timor 23/05/2022 05:56 ...
Partido Socialista português parabeniza australianos por voto em Albanese e mudança climática 22/05/2022 01:27 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | 22 de maio de 2022 | SBS Portuguese 22/05/2022 14:10 ...
Perícia de leitura labial define se lateral do Corinthians cometeu injúria racial 22/05/2022 07:52 ...
Conheça Neuza Back, primeira árbitra brasileira em uma Copa do Mundo 22/05/2022 04:12 ...
Seleção nacional: Fernando Santos explica porque escolheu Ricardo Horta e David Carmo 22/05/2022 07:26 ...
Brasileiro Jhoni Fernandes Silva procurado pela polícia na Austrália por tráfico de cocaína 18/05/2022 08:44 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | 18 de maio de 2022 | SBS Portuguese 18/05/2022 11:57 ...
View More