Coming Up Sun 12:00 PM  AEDT
Coming Up Live in 
Live
Portuguese radio

Visto parental mais caro preocupa filhos que querem reunir a família na Austrália

Source: Getty

Agentes de imigração dizem que seus clientes estão entrando em pânico quando percebem que não vão mais conseguir atingir os novos tetos salariais do governo e trazer seus pais para a Austrália.

O governo federal aumentou a renda mínima exigida, agora imigrantes australianos vão ter que apresentar um salário anual muito maior. 

Representantes do Partido Verde vão tentar reverter as mudanças . 

A contadora Yi Chai de Melbourne achou que tinha atendido a todos os requerimentos do governo quando fez sua aplicação para o visto parental há três anos. 

Com um trabalho bem pago, a jovem de 25 anos estava confiante que com seu salário poderia patrocinar e trazê-los para junto dela na Australia.  

Mas em abril o governo Turnbull mudou as regras.

“Eu não tenho esperança nenhuma agora. Todos os meus três anos de espera foram perdidos."   

Sob as regras antigas, filhos “patrocinadores” dos pais na Austrália tinham que apresentar uma renda anual de $36,000. Agora têm que provar que ganham $87,000 por ano. 

Um casal que queira patrocinar o pai e a mãe agora tem que apresentar uma renda combinada de $115,000. 

Yi Cai disse que agora ela não vai conseguir atingir o novo teto salarial exigido pelo governo e acredita que sua aplicação será rejeitada.   

E ela nao é a única. 

Três agências da imigração em Sydney e Melbourne falaram a SBS que eles foram inundados com centenas de telefonemas de clientes que estão na fila de espera para o visto. 

Eles disseram que muitos estão esperando há anos. 

Yan Kirk é o dono da agência NewStars em Melbourne. Ele disse que criou uma abaixo assinado na sua página na internet para reverter a mudança e que já recebeu mais de 10 mil clicks.

“Isso afeta muitas pessoas que estavam na fila para o visto parental há três ou mesmo sete, oito anos. Eles planejaram tudo baseado nos requisitos anteriores e agora essa mudança súbita vai atingí-los diretamente.”   

O ministro dos serviços sociais Dan Tehan, em entrevista a SBS, disse que o governo quer apenas “garantir que imigrantes recém chegados tenham o apoio financeiro que precisam para se sustarem."   

Ele disse que as mudanças não serão aplicadas retrospectivamente. 

Como aqueles na fila de espera serão afetados?   

Existe uma espera de cerca de três anos para o visto parental mais comum chamado ‘contribuidor’.  

Na maioria das vezes o caso fica com o Departamento de Assuntos Domésticos que checa informações sobre os pais. 

Uma vez aprovado pelo  departamento, o patrocinador – que geralmente é o (a) filho (a) na Austrália – é convidado a mandar uma carta chamada Garantia de Apoio (Assurance of Support) para o Centrelink para provar que ele atinge os requisitos de renda salarial mínima.  

O patrocinador também faz um depósito bancário para cobrir qualquer gasto com assistência social que o pai ou mãe possam precisar. 

A mudança não afeta quem mandou essa carta para o Centrelink antes de abril, mas afeta dezenas de milhares de pessoas na fila que estão a espera para mandar esse documento-chave para aquisição do visto.  

As mudancas já entraram em vigor e não vão precisar de nenhuma legislação para passar pelo parlamento.   

Mas a SBS revela que o Partido Verde vai apresentar uma moção para reverter a nova regra quando o senado retorna semana que vem. 

O senador do partido verde Nick McKim disse que o teto salarial atual é suficiente e que o governo está tentanto coibir a imigração para a Austrália e roubando dos imigrantes. 

Nós estamos recebendo uma quantidade enorme de comentários e reclamações com relação a esse assunto e as pessoas estão nos dizendo que já é muito caro e que já demora demais para reunir a família na Austrália. E essas mudanças mudaram tudo para pior. Vai ser ainda mais difícil e caro. E é por isso que o Partido Verde vai tentar reverter isso quando o governo apresentar a mudança no parlamento." 

O partido trabalhista criticou a mudança mas não se comprometeu a revertê-la.   

O senator McKim disse que está confiante que vai reverter isso, se os trabalhistas ajudarem.   

"Os trabalhistas têm que dizer com convicção que eles se opõem a essas mudanças. Nós estamos apresentando a moção para reverter essas mudancas no senado e esperamos que os trabalhistas se unam a nós – e também os independentes – para que juntos possamos reverter isso"

Siga-nos no Facebook e Twitter.

Coming up next

# TITLE RELEASED TIME MORE
Visto parental mais caro preocupa filhos que querem reunir a família na Austrália 03/05/2018 05:13 ...
Morreu Eduardo Lourenço, o sábio cosmopolita que correu o mundo a pensar Portugal e a Europa 02/12/2020 05:46 ...
Jovem jogador é demitido e vai parar na polícia por insinuar crime de abuso sexual 02/12/2020 10:54 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | SBS em Português | 2 de dezembro de 2020 02/12/2020 10:56 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | SBS em Português | 1º de dezembro de 2020 01/12/2020 05:37 ...
Apesar de um oceano de distância, músicos ‘se unem’ para gravar álbum 30/11/2020 11:44 ...
A atrocidade continua no norte de Moçambique perante a indiferença geral 29/11/2020 04:08 ...
Cortes de 25% nos salários e frota para que a TAP resista à crise do COVID-19 29/11/2020 02:29 ...
Vasco da Gama, o grande paquete de cruzeiros de Portugal 29/11/2020 02:38 ...
Notícias da Austrália e do Mundo | SBS em Português | 29 de novembro de 2020 29/11/2020 13:47 ...
View More